Superman – Entre a Foice e o Martelo foi publicada originalmente pela DC em 2003, e lançada pela primeira vez no Brasil em 2004 pela Panini Comics.

Roteirizada por Mark Millar, autor de Kickass e uma das principais cabeças por trás do arco da Marvel Guerra Civil, lança um novo olhar sobre o Último Filho de Krypton: o que aconteceria se, em vez de cair no interior dos Estados Unidos, a nave do pequeno Kal-El fosse parar na União Soviética?

superman-entre-a-foice-e-o-martelo-cafe-espadas

Em três edições (lançadas também em volume único encadernado), é possível acompanhar a jornada da ascensão do Superman como grande símbolo do mundo comunista, e seus surpreendentes desdobramentos. A história se inicia em meados dos anos 50, e acaba por se estender por todo o século XX. O Superman acaba por comandar uma expansão comunista global, contra a qual apenas os EUA resistem duramente. Lois Lane é apenas o nome de solteira da mulher de Lex Luthor, o maior cientista vivo – que é escolhido pelo governo norte-americano como líder do esforço para derrotar a invencível arma soviética.

superman-entre-foice--martelo-cafe-espadasPersonagens como Jimmy Olsen, Mulher Maravilha, Hal Jordan e até mesmo o Batman (este com uma história de origem surpreendente) também se fazem presentes nesse arco, apesar de em muitos momentos serem secundários diante do embate Superman x Luthor que permeia o roteiro. Figuras históricas como Josef Stalin, Dwight Eisenhower e John F. Kennedy acabam por aparecer e dar um interessante toque de história alternativa para a obra.

A dissecação da figura do Superman é talvez o que há de mais interessante. Transformado naquele que resolve todos os problemas da União Soviética e do mundo, ele questiona se não é melhor para os humanos cometer seus próprios erros, sem confiar em um protetor para desfazer tudo que há de errado. Mesmo um super-homem benevolente acaba por cansar do que parece ser uma displicência dos
homens. E isso acaba por expor o que há de vulnerável no kryptoniano.

Em resumo, Entre a Foice e o Martelo ganha o leitor pela proposta mais do que interessante de apresentar uma linha do tempo alternativa, não apenas para os heróis da DC, mas para toda a humanidade.

superman-entre-a-foice-e-o-martelo-cafe-espadas-bandeira

Mesmo que algumas das resoluções da história no terceiro ato soem forçadas – principalmente o final surpreendente – é impossível não reconhecer que essa HQ tem todos os componentes para ser reconhecida como um clássico moderno, que poderia ser facilmente adaptado para outras mídias e ainda mais explorado.

Saiba mais sobre essa HQ no Skoob.

CAFE_ESPADAS_ASSINATURA_POSTAGEM_GUILHERME_JALES

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui